Dieta para secar | emagreça de vez parte 2

Este é o segundo vídeo da série:

“Como fazer e manter uma dieta” eu vou te mostrar como corrigir os seus erros alimentares.

Então você deve ter o seu diário na mão,
como a gente comentou no outro vídeo.

O diário alimentar onde você tem tudo escritinho, o que você fez durante os últimos 5 a 7 dias.

Teve dias bons e teve dias ruins, né?

A ideia é que você consiga identificar um padrão.

A hora que, mais ou menos, você acorda, a hora que, mais ou menos, você come.

A hora que você tem mais fome.

O café da manhã tem que ser muito próximo da hora que você acorda.

Verifica se isso está acontecendo. Se não, faz o café da manhã mais cedo.

E você tem que acrescentar uma fruta depois do café da manhã.

Isso te tira a vontade de comer outro pãozinho ou outra coisa. Antes do almoço é importante fazer um lanche.



Seja um iogurte, um suco de fruta ou uma fatia de queijo. Não pode chegar na hora do almoço com fome.

Se você come fora de casa, evita comer as entradas como o queijinho, azeitonas ou o pãozinho com azeite não vai te fazer comer menos.

Ainda na hora do almoço, não se bebe líquido nenhum.
A não ser 2 goles de líquido para ajudar a engolir.

Muito importante: parar para fazer o lanche da tarde. Deu 3h depois de você terminar o seu almoço, pare, e coma uma fruta.

Tome um suco, um iogurte, mas pare durante a tarde e coma.
Se você vai jantar muito perto da hora de dormir, você precisa reduzir um pouco a quantidade de comida ou a fazer com que essa comida seja de fácil digestão, uma sopa, algo grelhado.

Se você come às 7h da noite e vai dormir à 1h da manhã, é claro que você vai morrer de fome, precisa comer alguma coisa, entretanto.

Antes de dormir, come um iogurte natural, por exemplo.

Você já aprendeu então a fazer o diário alimentar, já aprendeu a identificar os teus erros alimentares e, no próximo passo, você vai aprender como diminuir as calorias.

Poderá ver o vídeo no youtube Aqui

Dieta para secar | emagreça de vez parte 1

Este é o primeiro vídeo de uma série, onde eu vou passar ferramentas pra que você consiga elaborar uma dieta que combine com você, com o teu estilo de vida, com a forma como você gosta de comer, com as horas que você gosta de comer, ou seja, que encaixe no teu dia-a-dia, de forma que você cumpra a dieta, sem grande sacrifício e consiga alcançar o
objetivo final.

Porque não adianta fazer uma dieta que funciona pra alguém, ou que
está escrita na revista, ou que você tem que ficar muito tempo sem comer, ou que você tem que comer alguma coisa que você não gosta.

Porque não adianta emagrecer muito rápido e depois voltar a engordar tudo de novo, porque o que você fez não é nada natural, você fez um sacrifício muito grande pra conseguir, naqueles dias, alcançar o objetivo.

Antes de começar esse primeiro passo é preciso não ter medo da balança, ok?

E vai usar a balança, se pesar na balança, ver qual é o número que ela apresenta,
só pra você. É segredo. Ninguém precisa saber de mais nada.

E tirar a medida da circunferência da barriga e não pode tirar a medida em cima da barriga agora e depois aqui embaixo do peito, que está muito mais magrinho,
a idéia é ser fiel ali ao resultado.

Daqui a 3 semanas, você vai se pesar novamente, e vai fazer isso, entretanto, nesse período você não vai usar mais a balança nem a fita.

O primeiro passo é fazer um diário alimentar. Então a ideia é: durante o dia,
eu como qualquer coisa e escrevo esse negócio no papel.

Vou escrever, imagina, acordei às 6h da manhã e tomei um copo d’água, também vale.
Ah, não tem calorias não é importante. É importante que você escreva o quanto
você bebe, que horas você come, o que você come, quando você tem mais fome.

Vai te ajudar a identificar os teus erros alimentares. Então, por quanto tempo você vai fazer isso?

O ideal é que seja 5 ou 7 dias, né? É importante pra que você consiga entender as variações da sua semana, né?

O que pode ter influenciado. Ah, e há outro dado importante pra anotar no seu diário:
o que é que te fez comer mais.

Às vezes a gente sabe que está fazendo alguma coisa errada e faz assim mesmo.

Mas, normalmente, o que eu como, eu acho que está bem. Eu acho que está certo, né?
Esse diário vai ajudar você a olhar de outro ângulo, depois, e ver:
“puxa vida, não percebi que eu comi dois e realmente podia ter comido um”.

Aí você vai começar a se entender. A consciência é o primeiro passo, por isso: registro alimentar.

Depois de fazer esse diário, eu vou te ajudar a identificar os erros que você cometeu e corrigi-los, por isso, fique de olho no nosso canal. No próximo vídeo vou te ensinar como identificar e corrigir os teus erros alimentares.

Poderá ver o vídeo no youtube Aqui